Fale com a gente

BLOG

ACCOUNT ONE

Home Blog O que significa ser profissional liberal? Como funciona? / account ONE Contabilidade Simplificada

O que significa ser profissional liberal? Como funciona? / account ONE Contabilidade Simplificada

O que é um profissional liberal?

 

O profissional liberal nada mais é do que um trabalhador que não está registrado na CLT, mas que também não se enquadra como autônomo, embora se aproxime muito dessa categoria.

Na realidade, a principal diferença entre um profissional liberal e um autônomo é a formação. Para o primeiro, é necessário ter um diploma específico em alguma das áreas abaixo:

 

  • Médicos;
  • Arquitetos;
  • Jornalistas;
  • Dentistas;
  • Biólogos;
  • Publicitários;
  • Advogados.

 

Além dos citados nessa lista, outros também podem ser profissionais liberais, desde que sejam formados em suas áreas. Ou seja, para entrar na categoria, é exigido o diploma de formação, diferente do que acontece com um autônomo, que pode trabalhar em diversas áreas de maneira independente, sem o vínculo com um sindicato ou mesmo sem nunca ter feito cursos técnicos e superiores.

 

As vantagens de ser um Profissional Liberal

 

Para quem quer atuar na sua área de formação, mas não trabalha com carteira assinada, seja por falta de oportunidade ou porque quer ser independente, atuar como Profissional Liberal é uma ótima opção. Separamos algumas vantagens:

 

1- Flexibilidade de horário:

 

Como Profissional Liberal, não é preciso se preocupar em cumprir horários estipulados por patrões. Como atuam de maneira independentes, esses trabalhadores não se enquadram - e nem podem - no vínculo da CLT.

Sendo assim, não precisam estar nas empresas que os contratam em horários pré-determinados e nem em dias exclusivos. São mais livres e podem escolher em que turno vão trabalhar, quais dias preferem ter folgas e quando é o melhor momento para uma pauta maior, como férias, por exemplo.

Essa flexibilidade é excelente para profissionais como médicos e advogados, que têm uma rotina mais intensa e de alta responsabilidade.

 

2- Possibilidade de ganhar mais:

 

Se você não é contratado de uma empresa, não possui um salário fixo mensal - que geralmente não é aumentado sem antes haver uma grande negociação, o que leva muito tempo para acontecer na maioria dos casos.

Como Profissional Liberal, existe a chance de acumular funções em várias empresas e ganhar muito mais do que trabalhando em apenas uma delas.

Por exemplo, um jornalista que combina fazer um número x de matérias para uma empresa e um número y para outra. Dessa forma, ele consegue tirar um valor mais alto por mês do que se fizesse apenas o trabalho para uma apenas.

Em contrapartida, a empresa paga menos do que se precisasse contratar um profissional via CLT, já que existem encargos e o salário é geralmente maior por horário do que por produção. No fim das contas, são acordos que podem funcionar bem financeiramente para ambos.

 

3- Possibilidade de crescer:

 

Trabalhando com diversas empresas e conseguindo experiências diferenciadas, o profissional liberal tem a chance de crescer e de se tornar completo em sua experiência. Além disso, se houver necessidade, pode contratar um funcionário e expandir seus negócios, migrando até mesmo para um CNPJ, como ME ou até EPP.

Essa possibilidade é mais ativa quando podemos atuar de maneira independente, mesmo que isso também seja possível em uma grande empresa, por exemplo. Cabe ao profissional observar suas oportunidades e definir o que é melhor para ele.

 

As desvantagens de ser um Profissional Liberal

 

Obviamente, como Profissional Liberal também existem desvantagens em atuar. Separamos algumas delas:

 

1- Menos estabilidade: Como profissional liberal, às vezes podem haver momentos de instabilidade, já que você não estará ligado a uma empresa pela CLT, que possui um pouco mais de certezas e segurança. Mesmo assim, é possível fazer uma poupança e agir com mais responsabilidade para garantir um pouco mais de estabilidade.

 

2- Menos ligação com as empresas em que atua: Como funcionário de uma empresa grande, o profissional tem a chance de crescer e fazer carreira, mas isso nem sempre acontece quando são independentes. Uma forma de driblar o problema é sempre ser proativo e mostrar interesse pela empresa, fazendo com que ela reconheça o seu valor, mesmo sem um vínculo empregatício.

 

Vale a pena se tornar empresário?

 

Por fim, uma dúvida comum do Profissional Liberal é se ele irá se beneficiar mais financeiramente ao abrir uma empresa, passando a ter um CNPJ. Em muitos casos, isso pode ser muito vantajoso, por alguns motivos:

 

  • Como profissional liberal, é possível pagar até 20% mais de impostos do que como empresa. Isso acontece por muitos motivos, mas especialmente porque a empresa é vista como uma instituição, mesmo quando falamos do MEI, o Microempreendedor Individual.

 

  • Além disso, pode ser interessante migrar para o CNPJ para conseguir aumentar as chances de crescimento e expansão das suas atividades. Como empresa, é possível ter sede, funcionários e atuar com vários contratos de uma única vez.

 

Apesar dos benefícios, é fundamental procurar um contador para que ele possa analisar o seu caso com calma para ter certeza de que essa migração faz sentido para a sua forma de atuar no mercado.

 

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

TESTE AGORA MESMO


Entre em contato hoje mesmo!

© 2019 ACCOUNT ONE | Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por TBr Web