Fale com a gente

BLOG

ACCOUNT ONE

Home Blog Passo-a-passo para contratar um funcionário como MEI / account ONE Contabilidade Simplificada

Passo-a-passo para contratar um funcionário como MEI / account ONE Contabilidade Simplificada

Eu posso contratar um funcionário como MEI?

 

Se você é MEI, saiba que pode ter um funcionário sem nenhum problema, assim como no caso de qualquer empresa. Porém, existem regras e elas precisam ser cumpridas à risca para evitar problemas com a Receita Federal ou até mesmo com o Ministério do Trabalho. Vamos entender quais são elas:

 

1- Limite de funcionários:

 

Como MEI, você só pode ter um funcionário. Essa é uma regra que faz sentido considerando o limite do faturamento do MEI, que é de R$81.000 por ano. Se você fizer as contas, perceberá que, com esse valor mensal, ficaria difícil ter mais de um funcionário registrado, devido aos gastos com impostos e até mesmo com o salário deles.

Portanto, se há o desejo de contratar alguém, saiba que essa pessoa deve ser bem escolhida, pois é a única que poderá fazer parte da sua empresa.

Geralmente, o mais comum é que o MEI contrata um assistente, recepcionista, estagiário, etc. São cargos com valores mais baixos e que podem ajudar bastante no dia-a-dia de uma pequena empresa, como ao agendar reuniões, falar com clientes, digitar planilhas e outros afazeres que não exigem o nível técnico de formação.

 

2- Pagar o valor adequado:

 

Sabemos que como MEi você tem mais dificuldade para lidar com o peso de um funcionário. Porém, é preciso seguir as leis e pagar ao menos o salário mínimo vigente de cada ano e aumentar conforme o governo o fizer.

Esse ponto não é opcional e será impossível contratar alguém abaixo do valor mínimo, mesmo que ele seja um estagiário.

Mesmo assim, o conselho é que você contrate alguém pelo menos com o valor do salário mínimo, especialmente se essa pessoa terá muitas funções, como recepcionar os seus clientes, por exemplo.

Agora, se o seu funcionário for um especialista formado, é preciso pagar o piso da categoria que está disponível no portal do empreendedor ou nos sites dos sindicatos.

 

Qual o custo de contratar um funcionário como MEI?

 

Agora que você já sabe das regrinhas básicas, vamos explicar os custos que um funcionário tem para o MEI. Diferente da maioria das empresas, como MEI, o custo será de 11% sobre o salário a ser pago para o contratado.

Ou seja, se o salário for de R$1000,00, saiba que você terá que desembolsar ao menos R$1111,00 por mês para manter o colaborador trabalhando para você de forma legalizada.

Esses custos são relacionados ao INSS, FGTS, 13º, Férias e outros encargos que são pagos ao governo. Lembre-se de que não pagar os direitos trabalhistas de um funcionário pode custar caro no fim do contrato - ele poderá processar a empresa e ganhar o dinheiro de receber os atrasos, além de multas pelo atraso.

Por isso, jamais deixe de pagar o que é direito do seu novo colaborador e evite dores de cabeça desnecessárias.

 

Os passos para contratar um funcionário como MEI

 

Vamos agora entender quais são os passos que você, como MEI, tem que dar para contratar um funcionário. Anote abaixo!

 

1- Anuncie a vaga:

 

Parece besteira, mas muitos empreendedores esquecem de anunciar a vaga em diversos meios possíveis, como rádio e internet. Quanto mais amplo e de longo alcance for o anúncio, mais chances você tem de encontrar uma pessoa que se encaixa exatamente naquilo que precisa.

Faça uma seleção com calma, afinal, você não tem um RH especializado e precisa entender o básico para saber se esse funcionário vai realmente te ajudar.

Pergunte sobre os desejos de crescimento do colaborador, se ele entende da área que você atua, se tem facilidade com o público, se gosta de trabalhar naquela função… Enfim, faça uma boa triagem!

 

2- Fale com o seu contador:

 

O FGTS deve ser pago até o dia 7 de todo mês, por exemplo. Isso significa que você precisa estar ciente desse dever com antecedência para evitar problemas, certo? Isso vale para outros gastos, como INSS e impostos.

Para não se perder, procure um contador e pergunte para ele quais são os passos e pagamentos essenciais para manter o seu funcionário devidamente registrado e legalizado. Se tiver dúvidas também sobre os direitos dele em relação aos benefícios, ligue no sindicato para saber o que deve ser pago além do salário, como vale alimentação, cesta-básica e outros benefícios.

 

3- Veja se o funcionário tem todos os documentos em dia:

 

Após escolher seu funcionário ideal, você precisa saber se ele está com todos os documentos em dia. Alguns deles são:

 

  • RG
  • CPF
  • Antecedentes criminais
  • Certificado de alistamento militar
  • Cartão do PIS
  • Atestado médico admissional
  • Certidão de nascimento dos filhos menores de 14 anos

 

Analise os documentos e veja se está tudo certo com eles. Se sim, agora é só fazer o registro corretamente!

 

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

TESTE AGORA MESMO


Entre em contato hoje mesmo!

© 2019 ACCOUNT ONE | Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por TBr Web