Fale com a gente

BLOG

ACCOUNT ONE

Home Blog Passos para abrir uma loja! Entenda! / account ONE Contabilidade Simplificada

Passos para abrir uma loja! Entenda! / account ONE Contabilidade Simplificada

5 passos para abrir uma loja

 

Nós separamos hoje cinco passos para abrir uma loja, porém, pode ser que você precise providenciar um ou outro documento que não esteja listado. Por isso, é fundamental ter ajuda, já que as leis mudam e cada cidade tem sua própria forma de aprovar os novos comércios que chegam.

Anote os passos abaixo!

 

Passo 1 - Primeiro, se organize e tenha um capital social

 

Poucas pessoas pensam nisso em um primeiro momento, justamente porque esquecem o quanto a organização pode fazer diferença no sucesso ou fracasso de um novo negócio, especialmente uma loja, que tem características muito específicas.

A primeira dica é: organize-se. Saiba exatamente quanto de dinheiro e de capital social será necessário para começar aquele negócio. Afinal, será que você terá que comprar mercadorias para os próximos dois meses? Ou será que sua loja, especificamente, não precisa dessa quantidade grande?

Vale lembrar:

 

  • Cada loja é diferente. Uma loja de roupas geralmente precisa de mais mercadorias, já que os clientes irão pedir tamanhos diferentes para cada modelo que está exposto. Abrir uma loja e não ter os modelos pedidos é quase como dizer ao seu cliente que ali não é um bom lugar para comprar.

 

  • O Capital Social deve ser pensado com calma. Caso você não tenha o dinheiro, é necessário saber se poderá contar com crédito em bancos ou mesmo com investidores que queiram apostar no negócio. Seja como for, é muito importante ter o capital social para imprevistos e para garantir que tudo saia conforme o planejado.

 

  • Além de tudo isso, é essencial saber quanto que a sua loja irá demandar de tempo e também de dinheiro. Caso você tenha algum outro trabalho ou vá precisar de funcionários, tudo tem que estar pronto antes da inauguração para evitar qualquer problema no grande dia. Para lojas maiores e em locais movimentados, esse á um regra básica!

 

Passo 2: A abertura da empresa!

 

Depois de fazer o seu planejamento e pensar no seu capital social, é fundamental que a empresa seja aberta com a ajuda de uma contabilidade de confiança. O processo, apesar de complexo, é rápido e fácil para o empresário, já que toda a burocracia ficará a cargo do contador. Serão algumas etapas:

 

  • Escolha da melhor tributação: O contador irá definir junto com o empresário qual a melhor tributação para aquela empresa. Isso será decidido analisando detalhes como número de funcionários, possibilidade de crescimento, etc.

 

  • Escolha do enquadramento: A empresa será uma ME ou uma EPP? Qual enquadramento vale mais a pena para aquela determinada loja, especificamente naquela região e com aquele número de funcionários? Tudo isso será analisado com o contador, que cuidará da parte burocrática.

 

  • Depois de definido o enquadramento e a tributação, será o momento de abrir o CNPJ. A empresa terá sócios ou apenas um único dono? Após essa última análise, o contador entra com os documentos necessários e abre o CNPJ em poucos dias. 

 

São os documentos mais comuns:

 

  • Certificado de Admissibilidade de Firma;
  • Escritura Pública;
  • Inscrição de Segurança Social;
  • Registro comercial.

 

Lembre-se que o seu contador irá te ajudar na reunião de todos os documentos, por isso, você deve contratá-lo assim que tiver a concepção da ideia e o planejamento inicial. Caso contrário, o processo pode demorar mais do que o esperado e até atrasar a inauguração da loja.

 

Passo 3: Licenças na prefeitura

 

Após a abertura da empresa e o devido registro com o contador, chega a fase final para abrir uma loja: a de pedir a licença na prefeitura e todos os documentos que são necessários para isso. O processo pode ser um pouco demorado em algumas cidades, por isso, mais uma vez lembramos o quanto é importante falar com o contador o mais cedo possível.

Será pedido:

 

  • Alvará de licença;
  • Autorização para estabelecimento;
  • Comunicado à câmara da cidade;
  • Declaração de atividades econômicas.

 

Feito esse procedimento e entregue todos os documentos na prefeitura, o lojista pode começar a comemorar, pois já será o grande momento de inaugurar seu comércio. Nesse momento, já é possível pedir para os fornecedores as mercadorias que serão utilizadas.

 

Passo 4: Gestão do negócio

 

Por fim, acontece a gestão do negócio em si. Com a ajuda de um contador especializado, o comerciante pode organizar suas finanças e, assim, garantir que a loja funcione por muitos anos. Além disso, será importante enviar as declarações anuais ao governo e manter toda a burocracia atualizada devidamente.

Também será necessário anotar a entrada e saída de dinheiro e o fluxo de caixa em si - caso haja um aumento repentino nas vendas, é preciso fazer o desenquadramento empresarial para uma modalidade que permita maior rendimento anual.

Por esse motivo, sugerimos que você tenha uma contabilidade de confiança que faça essa parte de maneira mais completa.

 

Gostou das dicas de hoje e já sabe quais são os passos para abrir uma loja? Compartilhe o texto nas redes sociais com seus amigos e familiares. Até o próximo!

 

 

 

TESTE AGORA MESMO


Entre em contato hoje mesmo!

© 2019 ACCOUNT ONE | Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por TBr Web